Notícias

Gilberto Dimenstein e UNIESP: parceria no Projeto Catraca Livre

0 Comentário


Compartilhe

               

   No dia 29 de maio de 2020, uma notícia foi divulgada pela mídia: a morte do jornalista e escritor Gilberto Dimenstein, que dispensa apresentações já que seu nome e seu legado transcendem as fronteiras de nosso país. Atualmente, ele continuava responsável pelo site Catraca Livre, idealizado e lançado por ele no ano de 2008 e que tinha como principal propósito divulgar importantes eventos culturais, artísticos e literários como filmes, espetáculos em todos os gêneros (teatrais, musicais, circenses), exposições e encontros. Todos esses gratuitos, buscando levar arte e cultura às classes sociais populares, que quase sempre não tinham acesso a elas.

     Em 9 de junho de 2008, o Catraca Livre ganhou seu primeiro parceiro, o Grupo Educacional UNIESP, representado pela Faculdade de São Paulo - Unidade Centro Novo, em seu Instituto Superior de Educação – ISE. Essa unidade oferecia todos os cursos da área de Educação (Licenciaturas), que tinha fortes laços com a comunidade do Centro de São Paulo e estava em funcionamento no antigo e histórico prédio da Casa Mappin (do início do século XX), que se tornou o grande magazine Mappin. Naquela data, o Catraca Livre e a parceria com a UNIESP foram lançados em outro importante equipamento  do centro paulistano, o Cine Olido, que abriu suas portas ao jornalista e escritor Gilberto Dimenstein, ao presidente e à vice-presidente da UNIESP à época, Dr. Fernando Costa e a Professora Cláudia Pereira, à diretora do ISE, Profa. Rosa Beloto, e a todos os professores e alunos do Instituto, em uma noite memorável.

     Da parceria entre a UNIESP e o Catraca Livre surgiu um Projeto onde os alunos do Grupo que assistissem a um evento sugerido pelo site, fizessem um relatório e participassem de um fórum sobre o evento, teriam aquelas atividades validadas como atividades complementares. Ainda como fruto desse projeto, que durou mais de 8 anos, Gilberto Dimenstein ministrou uma aula magna aos alunos e professores do ISE, para detalhar as características e o funcionamento do projeto, acompanhando sua implantação.

     Outra parceria feita com Dimenstein também em 2008, foi a da realização do Curso de Extensão Educação Comunitária e Parcerias Cooperativas, ministrado também no ISE por ele e pela equipe da Casa Redonda, da qual também era responsável, e oferecido gratuitamente aos membros do COMAS - Conselho Municipal de Assistência Social.

     Gilberto passou a atuar fortemente também em projetos sociais como o importante Projeto Aprendiz, deixando a IES caminhando com os próprios passos e seguindo com a realização das atividades e cursos. Em 2015, no 10° Prêmio Santander, a vice-presidente Professora Cláudia Pereira e a professora Rosa Beloto, então Diretora de Pesquisa e Extensão, foram as representantes das duas Faculdades do Grupo indicadas ao prêmio na categoria Ciência e Inovação, como selecionadas dentre 20 mil pesquisas brasileiras. Na ocasião, elas se encontraram com Gilberto Dimenstein e relembraram a parceira com o Catraca Livre, tirando fotos que marcaram a memória de ambas.

    Sobre a morte de Gilberto Dimenstein a Profa. Rosa Beloto declarou, "o falecimento do parceiro Gilberto Dimenstein deixa tristes todos os que o admiravam, pois ele fará muita falta, foi muito mais que jornalista e escritor e o legado deixado por ele o imortalizou. Ele, na verdade, não morreu, apenas foi para casa antes de nós. Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar, como diz lindamente Milton Nascimento em sua Canção da América.”

 

 




Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




    Seja o primeiro a comentar!