Notícias

PROGRAMA DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA – PROPIC: aquisição de conhecimentos e exercício intelectual por meio da pesquisa ao alcance do aluno das IES UNIESP

Data: 26/10/2017 | 1 Comentário


Compartilhe

          

     No início de 2017, as atividades de Pesquisa e Iniciação Científica que sempre foram oferecidas aos seus estudantes sob a Gestão Acadêmica da Profa. Cláudia Pereira, também Vice-Presidente e Reitora do Centro Universitário Capital, voltaram a ser realizadas com muita força nas IES UNIESP, agora sob a Diretoria Acadêmica do Prof. Éricson Dias Mello.

     Ao lado do ensino e das atividades de extensão na formação de estudantes, a pesquisa é um dos meios de acesso ao conhecimento que mais desenvolve a inteligência do ser humano, já que ela pressupõe um conjunto de ações que são verdadeiros exercícios intelectuais: a reflexão, a leitura, a interpretação e a compreensão de textos/imagens, a argumentação, dentre outras. As atividades e etapas de uma pesquisa, portanto, compreendem todos esses e outros exercícios intelectuais e sempre contribuem para a evolução do conhecimento da espécie humana, quer endossando ou se contrapondo a uma pesquisa já existente, quer na elaboração de uma pesquisa inédita ou sobre tema pouco estudado.

    É por tudo isso que as IES UNIESP, além da oferta de ensino e de atividades de extensão de qualidade, oferecem aos seus alunos atividades de pesquisa e iniciação científica imprescindíveis para a formação do egresso de seus Cursos, por meio de um Programa de Pesquisa e Iniciação Científica elaborado e colocado em funcionamento pela Diretoria Acadêmica e pela sua Diretoria de Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários - DIPEAC: o PROPIC, com Regulamento, Fluxograma, Modelos, Formulários e outros documentos que fazem dele um processo completo e muito organizado. Após aprovação da Diretoria Acadêmica e da Presidência, a Diretoria de Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários – a DIPEAC – divulgou o PROPIC para todas as IES UNIESP.

      Seguindo o Regulamento e o Fluxograma do Programa, no início de 2017, cada Diretor das IES UNIESP nomeou a Comissão Científica da Unidade que dirige por meio de Portaria, que foi encaminhada à Diretoria Acadêmica - DIPEAC. As principais tarefas dessa Comissão são o chamamento e a avaliação das propostas de pesquisas encaminhadas a ela pelos colegiados de Cursos da IES e, em seguida, o envio dos trabalhos aprovados da Unidade à DIPEAC e à Comissão Científica Corporativa para aprovação final.

      Os membros da Comissão Científica Corporativa foram nomeados pelo Presidente da UNIESP por meio da Portaria 020/2017, de 6 de abril de 2017, ocasião em que as propostas vindas das IES começaram a ser avaliadas. A DIPEAC e a Comissão Científica Corporativa receberam 86 propostas de pesquisas de 28 Unidades, sendo que as que enviaram a maior quantidade de propostas foram: Faculdade de Mauá, Faculdade de Presidente Prudente, Faculdade Eça de Queirós – Jandira/SP, Faculdade de Ribeirão Preto, Faculdade Centro Paulistano, Faculdade de Birigui, Faculdade do Norte Pioneiro e Faculdade de Tietê. Essas Faculdades UNIESP também foram as que tiveram mais pesquisas aprovadas e implantadas no PROPIC. As outras 20 Unidades enviaram quantidade menor de propostas, mas a maioria de qualidade inquestionável. Encerradas as avaliações, os Diretores receberam o comunicado de quais pesquisas estavam aprovadas e, como já haviam recebido todo o material sobre os passos seguintes, foram orientados a elaborarem o Cronograma das atividades referentes às propostas de pesquisas aprovadas. Foram aprovadas pela Comissão Científica Corporativa 70 propostas de pesquisas.

     Após a definição do Cronograma, as IES publicaram o Edital de Processo Seletivo para a escolha dos alunos interessados em participar do grupo de cada pesquisa, seguida da inscrição e da seleção desses alunos.  

     Selecionados os alunos, as Comissões Científicas das IES enviaram à DIPEAC a planilha com o nome da pesquisa, seu autor e professor orientador e a lista com os nomes dos alunos que a realizariam. Vale lembrar que os professores orientadores são remunerados para a realização do trabalho de orientação da pesquisa de que são autores e que os grupos de pesquisa variam de 3 a 6 alunos cada (o que resulta num total de 324 alunos envolvidos nessas pesquisas), o que tende a tornar os trabalhos mais produtivos.

     Ficou definida a data de 1º de setembro de 2017 para o início das pesquisas nas IES UNIESP o que, de fato, aconteceu.

     As áreas que tiveram o maior número de propostas de pesquisas aprovadas e implantadas pelo PROPIC foram: Pedagogia- 13 propostas; Direito – 12 propostas; Enfermagem- 9 propostas; Serviço Social – 5 propostas e Administração – 5 propostas.

     Mensalmente, o Relatório com as atividades realizadas nos encontros do grupo de cada pesquisa deve ser postado no ambiente virtual corporativo, na área do PROPIC e, assim que ela for concluída, seus resultados também serão colocados em Relatório Final, postado no mesmo ambiente.

     Esses resultados serão publicados em forma de artigos científicos em Revistas das IES UNIESP e as melhores pesquisas farão parte de um Encontro Científico UNIESP previsto para 2018.

     No dia 20 de outubro de 2017, foi apresentado um pôster sobre o PROPIC UNIESP no Encontro de Pós-Graduação e Iniciação Científica – EPIGINIC da Universidade Brasil, realizado no auditório da Galeria Califórnia, situado na Rua Barão de Itapetininga, 255, no Centro de São Paulo/SP. Como no próximo ano, na mesma época, o PROPIC já terá pesquisas concluídas, é muito provável que sejam apresentadas em Encontro realizado em parceria com a Universidade Brasil.

     A oferta de pesquisa é um diferencial de qualidade dos Cursos oferecidos pelas IES UNIESP e, pela quantidade e pela qualidade das pesquisas avaliadas, aprovadas e implantadas, é possível afirmar que o PROPIC é um sucesso e que o investimento que a UNIESP está fazendo em seu capital humano e seu bem mais valioso – seus alunos e professores – está valendo muito a pena!

 

Por Rosa Beloto

 




Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




  • 03/11/2017
    Eu sou aluna da FIT - Itapecerica da Serra e estou participando do PROPIC aqui na unidade, Tem sido uma experiência muito boa e acredito que vai me ajudar em minhas conquistas profissionais.