Sem nenhuma dúvida, ajudar ao próximo torna as pessoas mais alegres, humanas e felizes.

Querer contribuir para uma sociedade melhor é o primeiro passo para se tornar um voluntário. Partindo desde princípio, o próximo passo é descobrir qual trabalho desenvolver para tornar a vida do outro melhor, como por exemplo: ler para idosos ou crianças; dar aulas de reforço em comunidades carentes; doar roupas, livros, brinquedos a creches e escolas; fazer visitas a asilos ou a hospitais, enfim, tudo que for verdadeiro será valido e aceito de coração.

Se você realiza, ou pretende exercer algum tipo de trabalho solidário é importante acrescentá-lo no currículo profissional, pois muitas empresas consideram o voluntariado como um ótimo diferencial entre os candidatos, principalmente quando dois ou mais candidatos apresentam características semelhantes, como no caso das habilidades, formação e pretensão salarial, na maioria das vezes aquele que possui experiências como voluntário acaba sendo o selecionado para a vaga.

O trabalho voluntário não tem remuneração salarial, e nenhum tipo de lucro financeiro, mesmo assim o pagamento dele é considerado maior que qualquer dinheiro em espécie, onde quem ganha mais com ele é o próprio voluntário, pois faz muitos amigos, acumula novas experiências, torna a sociedade mais justa e humana.

Ser voluntário é bom para você, para o outro e para o mundo. Faça sua parte e seja mais feliz! 





     


Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




  • 01/06/2017
    Prezados, estou realizando pós graduação em filosofia(UNIFESP). Questiono se há vagas para trabalho voluntário em Docência na Faculdade Mauá (UNIESP)? Certo de vossa atenção desde já agradeço.