UNIESP Solidária - UNIVERSITÁRIO CIDADÃO
 
 

Com o objetivo de inserir o jovem no ensino superior e consequentemente incentivar o voluntariado, o Universitário Cidadão é, sem dúvida, uma contundente política social implantada pela FUNDAÇÃO UNIESP SOLIDÁRIA em todas as suas Unidades localizadas na capital e interior do Estado de São Paulo e nos demais Etados em que há Faculdades do GRUPO. De extraordinária dimensão social, atende diretamente a classe social menos favorecida por meio da mais nobre ação social que uma instituição pode conceber: a educação aliada à consciência de cidadania e dever cívico. Nesse projeto, as Instituições do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP concedem até 70% de bolsas de estudo à alunos financeiramente menos favorecidos e, em contrapartida ao benefício recebido, exige dos bolsistas o compromisso com o desenvolvimento de atividades sóciocomunitárias voluntárias em instituições sociais como asilos, creches, hospitais e ONGs. Oferecendo a sua contribuição pessoal e profissional para a transformação de centros comunitários, o bolsista estará também exercendo a sua cidadania.

 

O projeto foi desenvolvido pela UNIESP SOLIDÁRIA e implantado, inicialmente, na região Oeste do Estado de São Paulo, que compreende as micro-regiões Noroeste, Alta Paulista, Alta Sorocabana e Pontal do Paranapanema e abrange um grande número de pequenos municípios que formam uma população de aproximadamente um milhão de habitantes. Distante dos grandes centros comerciais e industriais e carente em todos os aspectos sociais e econômicos, principalmente no referente às oportunidades de trabalho, a região sobrevive de uma atividade econômica inconstante, resultante de trabalhos irregulares e de atividades de geração de renda.

 

Hoje, o Projeto faz parte dos Programas Sociais de todas as Faculdades do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP em São Paulo e em outros Estados, nas Capitais e nas cidades do Interior desses Estados.

 

Promovendo a inclusão de brasileiros das classes populares no ensino superior, o projeto contribui com a melhoria de sua competitividade no mercado de trabalho, viabiliza o acesso às melhores oportunidades de trabalho e, indiretamente, possibilita a melhoria da qualidade de vida das familias e comunidades.

 
 
Quem pode ser contemplado pelo Projeto Universitário Cidadão?
 

1. O aluno regularmente matriculado nas Faculdades do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP que não possui condições financeiras para pagar a mensalidade integral, que não foi contemplado com bolsa no Programa Bolsa Escola da Família ou ProUni, que não pode contratar o FIES por algum motivo e que comprove com documentos a sua necessidade financeira;

 

2. O aluno regularmente matriculado nas Faculdades do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP oriundo de Convênio firmado com Ongs, Empresas, Sindicatos, Associações, Prefeituras, Órgãos Públicos dentre outros CUJA Parceria foi feita por meio do CONVÊNIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL;

 

3. O aluno FIES com financiamento de 50% (tendo bolsa de 50%) ou 70%(com bolsa de 30%) , exceto aluno FIES participante do PROGRAMA A
UNIESP PAGA;

 
 
Quantas vagas estão disponíveis para este Programa?
 

Atualmente, cada Faculdade do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP possui um número exato de bolsas a serem deferidas a cada início de semestre e que são divulgadas pelos Departamentos de Projetos Sociais das Faculdades.

 
 
Quais os procedimentos para inscrição no Programa?
 

É necessário que o aluno procure o Departamento de Projetos Sociais da Faculdade do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP em que estuda, preencha uma ficha, apresente a documentação exigida, comprove a ausência de condições para pagamento das mensalidades e assuma o compromisso da contrarpartida sociocomunitária exigida pelo programa.

 

Com base nesse preceito, o aluno deve procurar instituições sociais , as mais próximas da sua residência e solicitar a sua inclusão como voluntário do Programa Universitário Cidadão. Com a instituição escolhida, deve dirigir-se ao Departamento de Projetos Sociais e preencher o requerimento do Programa. A Faculdade do GRUPO EDUCACIONAL UNIESP entregará ao aluno um ofício, em duas vias, que deverá ser apresentado e protocolado na instituição escolhida. Uma das vias deve permanecer na instituição para efetivar a inclusão do bolsista para sua contrapartida social.

 

A outra via, deve ser devolvida ao aluno beneficiário com carimbo e assinatura do representante da instituição, para ser entregue à Faculdade, para que possa ser analisada e confirmada a concessão ou a manutenção da bolsa.

 
 
Qual a porcentagem da bolsa do Programa Universitário Cidadão?
 

O benefício pode ser de até 70%, de acordo com a quantidade de horas de serviços sociocomunitários a cordado com o aluno e da cota de bolsas disponíveis:

 

30%, com contrapartida social do aluno de 04 horas semanais; 50%, com contrapartida de 06 horas semanais e 70%, com contrapartida de 08 horas semanais.

 
 
Quais as atribuições do Universitário Cidadão?
 

- Elaborar o plano de atividades que será desenvolvido na instituição escolhida, conforme orientações recebidas;
- Cumprir a carga horária exigida, em função do percentual da Bolsa de Estudos, durante a semana ou aos finais de semana;
- Elaborar relatórios mensais das atividades desenvolvidas, que deverão ser entregues à Coordenação de Projetos Sociais da Faculdade;
- Apresentar-se com pontualidade e assiduidade à instituição escolhida;
- Garantir a qualidade de seu rendimento escolar no curso de graduação;
- Elaborar relatórios semanais com as atividades desenvolvidas e que devem ser entregues até o dia 15 de cada mês no setor de Projetos Sociais da Faculdade.
- Pagar o percentual restante da mensalidade conforme portaria da faculdade e instruções do boleto, até o 5º dia útil de cada mês.

 
 
O aluno já contemplado com um percentual de bolsa pode perdê-la?
 

Sim. O aluno contemplado pode perder a bolsa se:

 

- Fraudar ou prestar informações falsas junto aos Projetos Sociais da Faculdade;
- Desistir do curso superior;
- Ficar em dependência em alguma disciplina por rendimento escolar ou freqüência;
- Exceder o limite de três faltas por semestre nas atividades do programa Universitário Cidadão;
- Atrasar o pagamento do percentual restante da mensalidade.

 

Em caso de dificuldade para o pagamento, verificar possibilidade de financiamento pelo FIES, pois se não conseguir pagar a mesalidade, além de perder o percentual de bolsa, deverá efetuar o pagamento com multa e mora de acordo com o especificado no boleto;

 

Cometer irregularidade de comportamento junto a professores, funcionários e outros alunos.

 
 
Caso o aluno perca a bolsa de estudo pode se inscrever no Programa novamente?
 
O aluno pode se inscrever novamente no programa somente se tiver perdido o percentual de bolsa de estudos por inadimplência. Ainda assim, terá de aguardar seis meses para efetuar a inscrição novamente.
 
 
O Programa é válido para todos os cursos?
 

Sim, desde que:

 

- O aluno cumpra com suas atribuições;
- A instituição continue necessitando do aluno como Universitário Cidadão;
- O aluno solicite no início de cada semestre a renovação do percentual de Bolsa;
- O índice de inadimplência não interfira no equilíbrio financeiro da Faculdade.

 
 
O aluno pode cumprir sua contrapartida social em entidades particulares?
 

Não é permitida a prestação de serviço em instituições particulares, nem com fins lucrativos.

 

IMPORTANTE: O Regulamento, os requerimentos para solicitação ou renovação de bolsas, o Termo de Compromisso e os modelos de elaboração de Projetos e de Relatórios de Contrapartida Social e demais documentos referentes ao PROGRAMA UNIVERSITÁRIO CIDADÃO estão disponíveis NO PAINEL DO ALUNO.